Este artigo está disponível para leitura aqui: https://jcmcp.org/current-issue/?lang=en

Este artigo explora como as diferentes formas de envolvimento dos jovens em cenas musicais underground tendem a desenvolver-se em carreiras do tipo “Do It Yourself” (DIY), desencadeando a experiência adquirida resultante de uma longa imersão nestas cenas. Começa com uma análise das representações dos punks portugueses sobre DIY e as formas como eles experimentam e desenvolvem redes e competências. Concomitantemente, através de uma análise recentemente realizada no Brasil em diferentes cenas de música underground, examino a importância do DIY mostrando a aproximação de dois universos musicais, sociais e geográficos diferentes. Este foco, além de amplificar o vislumbre fora do olhar anglocêntrico sobre as cidades criativas, serve para compreender como as cenas de música underground são uma lufada de ar fresco quando se trata de atividades criativas para além das indústrias culturais convencionais.

Journal of Arts Management and Cultural Policy 2020 (1)

doi 10.14361/zkmm-2020-0104

 

Detalhes:

Título: Other Scenes, Other Cities and Other Sounds in the Global South: DIY Music Scenes beyond the Creative City

Autor: Paula GUERRA

Ano: 2020

 

GUERRA, Paula (2020) – Other Scenes, Other Cities and Other Sounds in the Global South: DIY Music Scenes beyond the Creative City. Journal of Arts Management and Cultural Policy. 2020 (1): Special Issue Creative Cities off the Beaten Path. pp. 55-75. ISSN: 978-3-8376-4957-4. DOI: 10.14361/zkmm-2020-0104. URL: https://jcmcp.org/journals/zeitschrift-fur-kulturmanagement-und-kulturpolitik-2020-1/?lang=en